Dicas de Ansiedade: 5 que você nunca viu antes


Dicas de ansiedade?

Para falar sobre dicas de ansiedade, precisamos nos perguntar, como é possível liderar com determinação quando se está ansioso?

Como esconder o medo e manter as aparências para conquistar a confiança dos outros?

Como inspirar e motivar pessoas quando o coração e a mente está acelerada?

De acordo com a Associação de Ansiedade e Depressão da América, o estresse é uma resposta a uma ameaça em determinada situação e a ansiedade é uma reação ao estresse.

A ansiedade é o medo do que pode acontecer no futuro e às vezes é um medo racional, às vezes não.

O propósito da ansiedade é nos proteger do mal. Os seres humanos constantemente estão sendo perseguidos pela incerteza, seja da saúde de nossos entes queridos, permanência no emprego, falência da empresa.

São preocupações que causam respostas neurológicas e físicas na mesma proporção em que o ser humano se protegia de predadores como tigres e lobos.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas do mundo.

São 18,6 milhões de brasileiros que convivem com o transtorno, uma representação de 9,3% da população.

O Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde fez uma estimativa em que, até 2017, 284 milhões de pessoas tiveram ansiedade, o que faz dela o transtorno mental mais prevalente no mundo.

A melhor notícia é que depois de um tempo as pessoas conseguem controlar melhor a ansiedade, pois se trata de um processo de preparação.

Quando bem utilizada, a ansiedade pode estimular o ambiente e o grupo em que você está inserido, aumentando produtividade, criatividade e satisfação.

Isso é possível, uma vez que pessoas ansiosas processam ameaças de forma diferente e conseguem, inclusive, se sentir mais à vontade em ambientes desconfortáveis.

A ansiedade não é inútil e se for bem controlada e aproveitada não irá causar distrações, sugar as energias e afetar as decisões tomadas.

Não é fácil encarar a ansiedade, mas se não for feito, ela vai te derrubar em algum momento.

Então para facilitar esse processo de encarar a ansiedade e utilizá-la como sua aliada, separamos cinco dicas.

Esse post foi inspirado por uma matéria da Harvard Business Review, vamos conferir?


dicas de ansiedade mindthru animus plus

#1 Rotule os seus sentimentos

Um grande volume de pesquisas em inteligência emocional identificaram que as pessoas que entendem seus próprios sentimentos têm mais satisfação profissional, melhor desempenho e bons relacionamentos.

Essas pessoas passaram pela etapa de reconhecimento fazendo o que se chama de “rotulagem de sentimentos”.

A honestidade das pessoas consigo mesma ao dar seus próprios nomes aos sentimentos ou seja, rotulando os sentimentos, faz com que você se aprofunde melhor no que está sentindo.

Ao aprender que a ansiedade te influencia com esses sentimentos, é o que te deixa preparado para enfrentá-la.

E esse rótulo pode ser do nome que melhor se encaixar para você (ansiedade, desconforto ou até um nome bobo como “parceirinho de insônia”).


#2 Investigue

Depois de rotular os sentimentos da ansiedade, comece a investigar para descobrir quando e por que ela aparece.

Toda vez que uma situação desencadear o sentimento, examine o motivo.

Os indicadores também podem ser físicos como aperto no peito, respiração superficial, mandíbulas cerradas, tensão nos ombros, manchas na pele, etc.

Nessa etapa, há um exercício que pode te ajudar a perceber as formas pelas quais a ansiedade pode te afetar fisicamente.

  • Sente-se em uma cadeira e coloque os pés no chão e as mãos sobre o colo;
  • Mantenha o queixo leve;
  • Observe qual parte do corpo você sente tensionada de imediato;

Depois, feche os olhos e analise as seguintes partes do corpo:

  • Cabeça;
  • Mandíbula;
  • Pescoço;
  • Ombros;
  • Antebraços;
  • Peito;
  • Coluna;
  • Lombar;
  • Estômago;
  • Panturrilhas, tornozelos e pés.

Observe quais desses estão tensos e faça uma respiração nas áreas de tensão para aliviar.

#3 Gerencie o seu tempo

Alguns autores de pesquisas sobre inteligência emocional identificaram que quanto maior for a disposição para administrar o tempo, mais positivo será o impacto na saúde mental.

Faça uma lista das tarefas do dia antes de iniciar qualquer coisa e coloque intervalos de 20 à 30 minutos para tomar banho, almoçar, enviar um whatsapp.

Nesses intervalos, tente evitar os pensamentos ruins, autojulgamento, pois são ações que podem desencadear os sentimentos rotulados.

Cuidado, sobretudo, na hora de detalhar a programação do dia e superestimar a sua produtividade.

Concentre-se no que é fundamental e lembre-se de reservar um tempo para cuidar de si mesmo.

#4 Quebre o ciclo negativo do pensamento

Naqueles momentos em que você começa a pensar demasiadamente em você mesmo e os sentimentos negativos se afloram, tente se conectar com um amigo ou familiar para quebrar o ciclo negativo do pensamento.

Uma conexão humana faz com que você tire a concentração de si mesmo e se volte para algo externo.

Essa conexão pode ser desde uma mensagem no whatsapp à uma ligação, ou até mesmo visitar o perfil no Instagram/Facebook/LinkedIn de um amigo próximo e comentar em uma publicação do seu amigo que achou interessante.

É uma boa forma de tirar o foco em preocupações e perceber coisas positivas de quem você considera importante na sua vida.

#5 Cuide bem de si mesmo

Cada pessoa tem seus hobbies, seus assuntos de interesses, suas preferências e coisas que geram felicidade.

Essa 5° dica de ansiedade na realidade é para escancarar que a saúde emocional de cada pessoa precisa ser levada à sério.

As ações recomendadas são fundamentadas e aprovadas por profissionais da saúde e podem te ajudar.

Mas vale aqui ressaltar a importância de se procurar um profissional de saúde mental para prevenir o avanço do quadro e principalmente fornecer mecanismos adicionais para lidar com os sintomas.

Muitos de nós pensam que é tabu falar sobre saúde mental em qualquer âmbito da vida de uma pessoa.

Ainda estamos em um tempo anormal e por que não utilizar desse tempo para reconhecer uma emoção universal que só vem aflorando com o passar do tempo?

Por que não voltar ao “novo normal” com uma evolução legítima sobre o entendimento dos seus sentimentos?

Essa pandemia foi e está sendo um momento de sofrimento para aqueles que têm histórico de ansiedade e outros estão experimentando.

Essa condição pela primeira vez, podendo não ter a menor noção do que significa e quais consequências podem gerar.

Qual história você contará sobre si mesmo depois da pandemia?

PARA SABER MAIS

Gostou das nossas dicas para reduzir a ansiedade no trabalho? Veja também nosso blogpost sobre como atribuir maior autonomia ao colaborador. 

Baixe nosso ebook sobre Eficiência Empresarial.

Quer entender mais como melhorar a saúde mental na sua empresa e potencializar os resultados da sua equipe?

 Entre em contato e saiba como nossas soluções podem te ajudar!


Quero conhecer o Cérebro Empresarial!

Compartilhe com seus amigos

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

The best Upgrade

Escreva para a gente

Endereço

Rua México, 31 - Centro - Rio de Janeiro - RJAv. Ibirapuera, 2033 - Andar 8 - Moema - São Paulo - SPTyrol Business Center, 800, sala 603 - Tirol - Natal - RN